Arte original (à esquerda) e suposto plágio (à direita) (Reprodução/Facebook)
Arte original (à esquerda) e suposto plágio (à direita) (Reprodução/Facebook)

A abertura de A Lei do Amor não é tão inédita para o artista plástico Baldomiro Costa. Ele acusa a Globo de ter plagiado a sua obra “100 Metros de Tecido Vermelho”, desenvolvida em 2011.

Baldomiro Costa contou ao site A Tarde que a obra chegou a ganhar vários prêmios e foi inspiração na criação do livro Natureza Ampliada. O artista disse ainda que tentou entrar em contato com a emissora, mas não obteve retorno.

“Tentei contato por telefone, mandei dois email’s, meu filho também mandou e-mail.. e nada.”, contou. “Até pelo Facebook enviei solicitações de amizade e mensagens para os diretores da novela, mas ninguém me respondeu”, concluiu.

No Facebook, Baldomiro também publicou uma nota comparando a sua obra com os trechos da abertura da novela. Fico chocado ao perceber as relações da minha obra (100MTV) com a abertura da novela, e a falta de créditos pelos aspectos principais de referências. Ao assistir o making off da abertura da novela, notei que um dos diretores cita a influência de outros “artistas da natureza” na abertura, como Richard Long e Andy Goldsworthy, os quais também cito na minha dissertação.”, escreve no post da rede social.

Observatório da Televisão entrou em contato com a TV Globo, que não obteve resposta até o fechamento da matéria.