Henrique Fogaça
Henrique Fogaça (Divulgação)

Sucesso absoluto como um dos jurados do programa “MasterChef Brasil”, Henrique Fogaça foi alçado ao posto de celebridade nacional e, de quebra, se tornou um dos principais nomes da gastronomia paulistana.

Com seu jeito rústico, à la bad boy, que foge completamente do arquétipo daquele chef de cozinha tradicional, ele foi eleito em 2015 pela revista GQ como o homem do ano na categoria gastronomia.

Em meio as gravações do reality gastronômico da Band, compromissos sociais e seus quatro restaurantes, Henrique Fogaça começará, a partir de sexta-feira, 4 de novembro, uma nova empreitada na televisão, com o programa “200 Graus” (o nome faz uma alusão à temperatura do forno), no canal pago Discovery Home & Health, que mostrará a rotina do chef, que vive dividido entre a cozinha, família, academia, a banda Oitão, projetos sociais e, claro, uma de suas principais paixões, o motociclismo.

O programa é uma espécie de docu-reality que acompanhou durante nove meses o dia-a-dia de Fogaça. Ele conta que, no começo, foi difícil lidar com as câmeras acompanhando-o por todos os lados e revela que chegou a pensar em desistir, mas, no final, deu continuidade a esse mais novo desafio da sua carreira, que ele prefere ver como uma forma de se aproximar do público que o acompanha.

A gente coloca o espectador como um amigo do Fogaça, porque você poderá estar dentro do dia dele, da casa dele. Você vai ter a oportunidade de estar dentro da cozinha dele e isso é muito bom”, conta Rodrigo Gianetto, diretor da série.

Ao todo, serão 13 episódios de meia hora cada, exibidos semanalmente e em duplas – dois episódios vão ao ar na sequência, logo após o MasterChef Profissionais.

“200 Graus” é uma coprodução entre a Discovery Home & Health, Academia de Filmes e Real Filmes.