“Queria que ele dominasse a porra toda”, dispara Marcelo Serrado sobre vilão em novela

Marcelo Serrado se manifesta sobre morte de Domingos Montagner: ''Devastados''
Marcelo Serrado (Foto: Divulgação)

O vilão de Marcelo Serrado começou bem tímido em Velho Chico, porém, na atual fase do folhetim, aos poucos o personagem vem se revelando e promete muitas maldades para os próximos capítulos.

“Carlos Eduardo vai aprontar  até o final da novela. Começou à sombra do sogro e agora mostrou que é o maior vilão da trama. Matar o Coronel ou alguém dos Sá Ribeiro? Possível. Se antes eu achava que não, agora eu tenho certeza que são enormes as chances (rs). Como também tenho certeza que meu personagem é um sociopata! Esse comportamento tem tudo a ver com a ideia fixa do poder, de ser finalmente o Saruê, título que lhe foi prometido lá atrás pelo Afrânio e agora o deputado está cobrando”, explicou o ator ao portal UOL.

Marcelo Serrado destacou que interpretou poucos vilões. “Menos do que eu gostaria. Quando estava na Record, tive um papel nessa linha da vilania na novela ‘Vidas Opostas’, de Marcílio Morais, o delegado Dênis Nogueira. Carlos Eduardo foi um grande personagem que eu tive, fora o Clô, de ‘Fina Estampa’, nessa minha volta à Globo. Antagonista é sempre interessante, né? Ele [antagonista] e os personagens engraçados são arquétipos que o público se identifica e vê com um olhar mais apurado”, comentou.


Marcelo Serrado evidenciou torcer para um final feliz ao personagem. “Eu queria que ele dominasse tudo, que fosse o rei de Grotas de São Francisco. Terminasse como dono da porra toda, virasse o coronel poderoso de toda a região”, assumiu.