Jornalistas da Globo vão a Nova York para Emmy Internacional de Jornalismo 2016

Jornalistas da Globo vão a Nova York para Emmy Internacional de Jornalismo 2016
Alvaro Pereira Jr, Renata Vasconcellos, Poliana Abritta, Silvia Faria, Beatriz Castro

A Globo concorre, mais uma vez, ao prêmio Emmy Internacional de Jornalismo. Jornalistas da emissora e do canal GloboNews participaram no início desta tarde da cerimônia de entrega de medalhas para os indicados do ano, em Nova York.

O Jornal Nacional e o Fantástico disputam juntos na categoria Notícia com reportagens sobre o surto de microcefalia no Brasil, no ano de 2015, e relação do aumento de casos com a disseminação do vírus da Zika pelo país. A diretora de jornalismo Silvia Faria, as apresentadoras Renata Vasconcellos e Poliana Abritta e os repórteres Álvaro Pereira Jr. e Beatriz Castro representam a Globo, que concorre com produções da Sky News (Grã-Bretanha), da Al Jazeera (Catar) e da RT (Rússia).

Na categoria Atualidade, a GloboNews é indicada pelo documentário ‘Síria em fuga’ sobre as consequências da guerra civil na região e disputa o prêmio com produções da Al Jazeera English (Malásia), ITN (Grã-Bretanha) e da ARD/NDR (Alemanha). A editora-chefe Marita Graça e o repórter Gabriel Chaim representam o canal.


Os vencedores do Emmy Internacional de Jornalismo 2016 serão anunciados pela Academia Internacional de Artes, Ciências e Televisão em uma cerimônia de gala que acontece esta noite, no Lincoln Center, em Nova York.

Em 15 anos, esta é a 16ª vez que a Globo é indicada por seus programas jornalísticos. O Jornal Nacional concorre na categoria Notícias pela 12ª vez, e pela 10º vez consecutiva. Em 2011, o telejornal foi premiado com o Emmy pela cobertura da invasão policial do conjunto de favelas do Alemão. A Globo é a única TV brasileira que já venceu o Emmy Internacional e coleciona 14 estatuetas do prêmio, considerado o Oscar da televisão mundial.