Cauã Reymond fica desconfortável no Encontro: “É estranho estar aqui hoje”

Cauã Reymond comentou sobre a eutanásia
Cauã Reymond

Convidado do Encontro com Fátima Bernardes desta sexta-feira (16), Cauã Reymond logo no início do programa avisou a apresentadora que preferia ter ficado em casa, pois estava triste em razão da morte de Domingos Montagner, com quem trabalhou em Cordel Encantado.

“O Domingos era uma pessoa muito carinhosa, para cima, astral bacana. É estranho estar aqui hoje. A gente tem uma parceria muito especial, fiquei impressionado. A gente fazia cenas fortes, principalmente no começo, como pai e filho. Muito difícil perder uma pessoa numa situação dessa. É um dia muito triste”, disse ele.

Lucy Alves revela que Camila Pitanga a convidou para nadar com ela e Domingos Montagner


Ainda no matinal, Reymond listou as qualidades do intérprete de Santo, em Velho Chico: “Ele estava com vários trabalhos engatilhados. Um ator muito raro, bom, de muita sensibilidade, que transbordava virilidade”.

Cauã Reymond tinha participação agendada na atração para falar de Justiça, atual minissérie da Globo, e coincidentemente sua presença ocorreu um dia após o falecimento de Domingos Montagner.

Ana Maria Braga sobre Domingos Montagner: “A gente tem que prestar atenção na vida todos os dias”