Ladrões roubaram o celular da repórter
Ladrões roubaram o celular da repórter

Parece piada, mas infelizmente não é. A repórter Larissa Fernandes, da TV Paraíba, afiliada da Rede Globo em Campina Grande, foi assaltada na noite da quarta-feira (13), enquanto ela fazia uma reportagem coincidentemente sobre insegurança e violência.

Ela estava em uma parada de ônibus em frente ao campus da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), no bairro de Bodocongó, acompanhada do cinegrafista Aídes Brasil e do assistente Henrique Epifanio, quando um ladrão abordou a jornalista e levou à força o celular que ela usava no momento do assalto.

“Foi a segunda noite que eu fui no local mostrar a situação dos alunos que são vítimas da insegurança e eu, infelizmente, também fui vítima. Eu vinha usando meu celular a trabalho para entrar em contato com a redação e o rapaz simplesmente tomou o aparelho da minha mão. Ainda tentei chamar a polícia, mas ele fugiu. Eu nunca tinha imaginado passar por isso, quanto mais trabalhando”, disse a jornalista.

A equipe de reportagem chamou a Polícia, Larissa Fernandes fez o boletim de ocorrência, mas o suspeito não foi localizado.

Veja:


Repórter é assaltada em reportagem sobre… por diariodosertao

21 COMENTÁRIOS

  1. Ela não deve reclamar pois a sua emissora defende o atual sistema brasileiro de segurança pública ou seja o marginal é vítima da sociedade portanto ele tem o direito de fazer a justiça social que o estado não faz . Teve sorte de não levar um teco na cara e ficar cega, paralítica ou até mesmo morrer. Parabens rede bobo

  2. Os jornalistas que tanto defendem criminosos agora estão começando sofrer o que já sofremos a anos, Vamos ver se com apoio da imprensa conseguimos mudar a constituição.

  3. Tadinha, ela quer chorar e não pode, porque tem que fazer a reportagem de si mesma.
    Imagino que celular ela nem se importa ate porque da pra comprar um novo o problema e os dados, fotos e senhas que tinha isso da um trabalho danado.
    Força Larissa.

  4. Bem feito trabalha nessa empresa que é o maior câncer do Brasil. Essa Rede Globo Fascista , Nazista e Golpista. Ela tinha mais e que sair corrida. Se sou eu ainda chutava a bunda dela. Todo castigo para corna é pouco. FORA REDE GLOBO O POVO NÃO É BOBO. A VIOLÊNCIA TAMBÉM É UM PRODUTO DE VOCÊS.

  5. Concordo com você Hilder, além do outro bitolado por uma PaTrulha de imcompetentes que deixaram o país cegar onde chegou e ainda têm a idéia louca de resumir o problema da Segurança Pública a dominância de um determinado meio de comunicação.

    • Talvez seja. Lembre-se de que são milhões de DESEMPREGADOS, e ainda tem essa crise toda…
      Talvez seja um pai que tenha perdido o emprego e apelou para o crime, por ter que dar alimentos aos filhos.

  6. COM ESSES ALTOS IMPOSTOS E TAXAS E AUMENTO DOS ALIMENTOS COMO LEITE, FEIJÃO, DERIVADOS, ETC… O POVO DEVERIA SE UNIR E FAZER IGUAL NA VENEZUELA, SAQUEAR TUDO DOS SUPERMERCADOS, ESTAMOS CANSADOS DE TUDO SUBIR E SUBIR E O NOSSO SALÁRIO NÃO. VAMOS ROUBAR TUDO JÁ QUE AQUI NO BRASIL NINGUÉM VAI PRESO MESMO…

  7. A violência em todo o nordeste é assustadora, em todas as estatísticascas sobre violência no Brasil as capitais e principais cidades nordestinas lideram como as mais violentas, em cidades como Salvador, Recife, Fortaleza, e em todas as capitais e grandes cidades a violência causa pânico nos moradores e afasta os turistas, o pior é que alguns governantes e parte da mídia tentam omitir os fatos para não prejudicar o turismo local, é lamentável esta atitude, pois quem sofre é a população local e os turistas que para lá vão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor coloque seu nome aqui