Primeira cena de sexo gay na TV aberta levou duas horas para ser gravada

Ricardo Pereira e Caio Blat protagonizam cena de sexo gay
Ricardo Pereira e Caio Blat protagonizam cena de sexo gay

Duas horas foi o tempo que durou a gravação da primeira cena de sexo gay da TV aberta que vai ao ar na próxima terça-feira (12) em Liberdade Liberdade, da Globo. Os protagonistas da sequência são os atores Caio Blat (André) e Ricardo Pereira (Tolentino): “está tudo ali, a cena tem tudo”, prometem os dois.

A cena que está sendo cercada de expectativas, começará quando o coronel um pouco embriagado, está reclamando sobre o modo como Rubião (Mateus Solano) o trata. Eles começam a falar sobre amizade e pinta um clima. André abraça Tolentino, que corresponde. Os dois se olham e André aproxima o rosto para um beijo. Tolentino vira o rosto, recusando a princípio, atormentado, mas acaba não resistindo. Tolentino tira a camisa e André engole em seco. O coronel o empurra para a cama e André cai sentado. Os dois começam a transa.

Com inspirações no romance do filme O Segredo de Broke Break Mountain, o texto diz: “Na transa urgente, adiada, bruta e tão ansiada. Silvio de Abreu, ainda vai ver a cena editada antes de ir ao ar. Os dois atores afirmam que gravaram com o bumbum de fora e que rolou beijo para valer. “O Ricardo, quando viu, chorou de tão linda que é a cena.