Funcionário da Record sofre sequestro relâmpago na sede da emissora

Record vence SBT e tem melhor mês de março dos últimos 5 anos

Um funcionários da Record foi sequestrado na porta da emissora, na Barra Funda, em São Paulo e teve sua conta bancária esvaziada.

Segundo o coluista Flávio Ricco, o sequestro relâmpago aconteceu na rua da Várzea, endereço da Record, no horário da manhã e só à tarde o funcionário foi libertado pelo sequestrador.

A violência na região tem preocupado os funcionários da emissora, que para piorar a situação retirou um caixa eletrônico 24h que tinha em suas dependências e agora os colaboradores são obrigados a recorrer às agências de rua, próximas da Record para sacar ou depositar dinheiro.