Daniela Albuquerque entrevista Carlos Alberto de Nóbrega no Sensacional

Sensacional tem menos audiência que programa veiculado na madrugada
Sensacional (Divulgação)

Carlos Alberto de Nóbrega é o convidado de Daniela Albuquerque no quadro de entrevistas “Papo Com Dani”, do programa Sensacional exibido neste domingo (5), às 16h30, pela RedeTV!. Comandando há quase três décadas A Praça é Nossa, do SBT, Carlos relembra a estreia do programa 29 anos atrás, afirma que nunca imaginou conquistar tudo o que tem através da carreira e conta como é ser dirigido pelo filho Marcelo de Nóbrega. “É uma delícia trabalhar com o meu filho. Ele sabe me levar. Acho que nunca briguei com ele. Eu tive umas duas discussões com ele extra televisão. Ele me trata com muito carinho”, elogia o apresentador sobre a postura profissional do filho, que complementa ainda dizendo: “Às vezes, vejo o Marcelo me dirigir, fico olhando para ele e penso que vi esse sem vergonha nascer e agora fica me dando ordens”.

O apresentador revela também detalhes da amizade com Jô Soares e Renato Aragão e recorda da época conturbada em que trabalhou com a trupe Os Trapalhões, além das brigas que presenciou entre eles. “O Renato era o investidor. Não é que ele pudesse ser o mais famoso ou menos famoso, mas ele era o cabeça. A grana era dele. Ele tinha que ganhar mais mesmo e isso não estava sendo bem aceito pelos outros. Chega uma hora que há o desgaste natural”, critica ele sobre a postura de Dedé Santana, Zacarias e Mussum.

Recentemente Carlos Alberto recebeu uma homenagem do canal concorrente e participou do humorístico Tá No Ar, da Rede Globo. Ao lado de Marcius Melhem, eles reproduziram o quadro da ‘Velha Surda’ durante um esquete do programa. O apresentador fala que ficou emocionado ao recebido por toda equipe a atração com muito carinho. “A repercussão foi uma loucura. Acho que durante dez anos de A Praça É Nossa, eu não tive tanta mídia como nesses dez minutos de velha surda, no Tá No Ar”, agradece ele, que complementa dizendo que por dinheiro nenhum eu sairia do SBT. “Eu sou eternamente grato ao Silvio Santos. Muita gente diz que meu pai fez muito pelo Silvio Santos, mas ninguém diz o que o Silvio Santos fez pelo meu pai. O que o Silvio fez pelo meu pai não há dinheiro nenhum que me tire do SBT”.


Sobre o peso da responsabilidade de ser comparado ao pai, Manuel de Nóbrega, que foi o idealizador da Praça É Nossa, Carlos afirma: “Eu faço um personagem totalmente diferente do meu pai para não ter comparação”. Para ele, os personagens mais marcantes que passaram pelo famoso banco da Praça são Vera Verão, Velha Surda e Paulinho Gogó. “A Velha Surda ganha disparada, ela marcou mais que o próprio Ronald Golias e, hoje, o Paulinho Gogó é o ponto alto, a bola da vez”.

De acordo com Carlos, Alexandre Porpetone, que interpreta o personagem Cabrito Tévez, na Praça É Nossa, é o artista que dá mais trabalho ao apresentador. “Ele é muito desligado. Chega atrasado às gravações. Eu tenho um carinho grande por ele, mas puxo a orelha”, repreende.

No final da entrevista, Dani mostra a Carlos Alberto uma mensagem especial de seu pai Manuel. Emocionado, a apresentador diz que “sente muita saudades do pai e principalmente da minha mãe”.

A entrevista completa vai ao ar no programa Sensacional deste domingo, apresentado por Daniela Albuquerque, a partir das 16h30, pela RedeTV!