Conexão Repórter investiga a história de três mulheres sedutoras e perigosas

Luciane conexão reporter

O Conexão Repórter deste domingo (19), apresenta o documentário “Belas, Sedutoras e Perigosas”. Roberto Cabrini mostra a intrigante história de três mulheres com importantes pontos em comum: com aparência acima de qualquer suspeita, elas usam seus atributos para enganar pessoas, aplicar golpes e se envolverem em crimes graves. O programa contará a história de Luciane Hoepers, a loira da capital federal que promovia encontros secretos para negociar acertos fraudulentos e subornos. Depois de anos ajudando a lesar os cofres públicos, ela muda de ideia e resolve quebrar o silêncio.

A segunda a falar é Bruna Cristine Menezes de Castro. Modelo, rosto delicado, corpo escultural. O telespectador verá que, por trás dessas descrições, se esconde uma mulher com um poder de atração arrebatador, que ficou conhecida como a “Barbie do Crime”. Ela é acusada de enganar, mentir, falsificar, extorquir, inventar doenças e de se passar por representante de organizações humanitárias. Suas vtimas são contadas em centenas e ela viu sua vida ser radicalmente mudada: das propostas dos mais ricos empresários para a voz de prisão.

É atrás das grades também que Alice Moreira Arantes conversa com a reportagem. O perfil é o mesmo: jovem, bonita e uma vida promissora à frente. E a lista de crimes é longa: sequestro, latrocínio, extorsão, ocultação de cadáver e formação de quadrilha. Condenada a 109 anos de prisão, ela revela detalhes de sua história a Cabrini dentro da prisão.


O Conexão Repórter vai ao ar todos os domingos, meia noite, logo após o Programa Silvio Santos.