Após a reeleição de Marcos Mendonça como presidente da TV Cultura, TV Rá Tim Bum, Univesp TV, as rádios Cultura FM e Brasil até o ano de 2019, o grupo que vem enfrentando crise desde o ano passado devido aos problemas financeiros do estado de São Paulo, desligou essa semana o repórter Carlos Bighetti.

“Hoje termina um ciclo. Depois de mais de três anos de trabalho fui desligado da TV Cultura. Ainda estou digerindo a notícia. É uma mudança significativa pra alguém que adora televisão. Alguém que vestiu a camisa, com carinho e respeito a tudo o que ela representa, e que a encharcou de suor, literalmente, todos os dias. Não foi fácil carregar o piano e tocá-lo ao mesmo tempo. Mas saio com a tranquilidade de ter feito o melhor que pude, dadas as circunstâncias. Lamento apenas não ter podido mostrar todo o meu potencial, devido às limitações estruturais. Levo comigo as risadas e os amigos que fiz. Vou aproveitar agora para colocar as ideias em ordem, seguir tratando a coluna e me dedicar ao documentário VARIG – AS ASAS DO BRASIL. Nos vemos em outras telas!”, disse o jornalista em uma rede social.

Carlos que era um dos melhores jornalistas da casa, não é o primeiro e nem deve ser o último a ser dispensado da emissora, segundo o jornalista Flávio Ricco novas demissões podem ser esperadas nas próximas semanas.