cascudototalmentedemais

Felipe Silcler, o interprete do personagem Cascudo, em Totalmente Demais, celebra o sucesso da novela e a repercussão positiva de seu papel.

Aos 25 anos, o ator vive seu primeiro papel de destaque na TV e conta em entrevista ao UOL que o personagem teve uma virada na trama.

Cascudo seria um vilãozinho do núcleo jovem e acabou ganhando mais espaço, passou a ter família (um tio violento), depois sofreu uma mudança de postura radical porque passou a fazer esportes e tornou-se um dos queridinhos do público jovem.


“Fui percebendo a chegada de mais textos e fiquei muito feliz”, conta o ator. “O Cascudo só estava na trama para ser namorado da Jennifer (Lelezinha) e provocar o acidente de Wesley (Juan Paiva), que o deixou paralítico. Ele seria um personagem pequeno com índole ruim, mas ganhou um tio violento que o agredia constantemente e começou a praticar esporte, o que provocou uma mudança em sua postura.”

O ator acredita que a mensagem de seu personagem é ótima para todos, principalmente para os jovens. “O esporte e a cultura são fundamentais para encontrar o caminho do bem. O esporte deu outra visão de mundo para o Cascudo. Ele só tinha o tio mau caráter e a falta de perspectiva.”

Felipe Silcler conta como foi chegar até a trama das sete. “Não estava definido que o Cascudo seria negro. Tanto que atores brancos fizeram o teste. Não consegui o Cascudo porque sou negro, mas por ter ido muito bem no teste. Torço para que seja sempre assim: que o negro não faça apenas papel de escravo ou de empregado, mas qualquer tipo de personagem. Nesta trama, temos atores negros como advogado, professor, motorista, esportista. O ideal é variar”, analisa.