SBT
SBT (Divulgação)

Diretor artístico do SBT, Fernando Pelégio concedeu entrevista ao UOL e tratou sobre o sucesso das novelas mexicanas que o canal veicula na faixa da tarde, que incomodam a Record.

“O sucesso da telenovela é um tripé: tem que ter um argumento muito bom, um texto tão bom quanto e a realização. Dentro da realização tem fotografia, elenco, trilha musical… Um bom argumento e um bom texto já são dois terços convencidos. Essas novelas mexicanas têm esses dois terços”, disse o profissional.

Claudia Leitte está confirmada em nova temporada do The Voice Brasil


Ele ainda destacou ingredientes que não faltam nas histórias importadas: “A gente sabe que esse tipo de novela feita pela Televisa tem um apelo familiar. Essas novelas têm uma coisa básica, o bom é bom, o ruim é ruim”.

E também estabeleceu uma comparação com uma obra da Globo. “É exatamente como essa novela da Globo. Por que é tanto sucesso? Porque é básica. Ela não quer pirar na batatinha e nem inventar a roda. A Eliza [vivida pela protagonista Marina Ruy Barbosa] é a gata borralheira e tem também os príncipes. Esse é o princípio da dramaturgia, tem que ter sempre o triângulo amoroso”, comentou.