Silvio Santos veta cobertura do impeachment no SBT

Silvio santos

Silvio Santos decretou: “o SBT é uma emissora de entretenimento”, com essa afirmação, o patrão ordenou que o departamente de jornalismo de sua emissora não faça a cobertura da votação do impeachment da presidente Dilma, marcada para domingo (17).

Segundo o colunista José Armando Vanucci, Silvio Santos deixou claro que não quer alterar a programação do SBT para dar lugar ao evento político.

A emissora vai se limitar a entrar com flashes atualizando o telespectador sobre os acontecimentos em Brasília e ao final da votação será divulgado o resultado.


Com isso, o SBT praticamente será a única das grandes emissoras a não priorizar a votação. A estratégia de Silvio Santos é dar ao telespectador uma opção diferente, já que Globo, Record, Band e RedeTV! pretendem exibir ao vivo as muitas horas que devem durar a votação do impeachment pela câmara dos deputados.