Após protesto de torcedores contra a Globo, Galvão Bueno afirma:

O público já não aguenta mais os altos e baixos no humor de Galvão Bueno ao longo das transmissões esportivas narradas pelo locutor. Nesse domingo (03) não foi diferente, o profissional da Globo iniciou a transmissão da Fórmula 1 todo empolgado com Felipe Massa, segundo colocado, no início do GP do Bahrein.

“Com duas paradas, pode ficar bem na fita”, disse Galvão animado além da conta com a boa posição do brasileiro, que poderia, se mantida, levar o piloto ao pódio.

Mas ao longo da corrida, Massa foi perdendo posições e assim também foi acabando o ânimo de Galvão Bueno, que de elogios, passou a fazer críticas ao piloto e a equipe.


“Felipe Massa já brigou pela quarta, pela quinta e agora tá brigando pela sexta. Perde mais uma posição. Será que vale a pena arriscar isso ou teria sido melhor fazer o normal, o tradicional?”, questionou sobre a estratégia do piloto e da Williams sobre os pneus usados.

“Talvez uma estratégia mais agressiva da Williams pudesse ter levado Felipe mais à frente. Talvez”, sugeriu Galvão, incomodado com a performance de Massa.

“Uma corrida daquelas pra se esquecer”, disse, do ponto de vista do piloto brasileiro, já nas voltas finais.

Imdediatemente a mudança de postura do narrador foi criticada nas redes sociais, no Twitter comentários faziam piada da euforia de Galvão Bueno, sempre apaixonado e viceral em suas locuções, ao ver Massa na segunda posição. E depois apontavam o desânimo do locutor, tão intenso quanto a euforia, com o péssimo desempenho do piloto.