Atores reclamam, mas produtora comemora atraso na estreia de Escrava Mãe

Escrava Mãe pode ser exibida na faixa da tarde

A estreia de Escrava Mãe na Record já virou uma novela, a produção que inicialmente estrearia em novembro, após a primeira temporada de Os Dez Mandamentos, que até então seria a única, teve seu lançamento postergado após o sucesso da trama bíblica e a ideia de se fazer uma segunda temporada.

Depois, mudaram de ideia e decidiram que Escrava Mãe abriria um novo horário para a teledramaturgia na grade da Record na faixa das 19 horas e que estrearia no início de 2016. Mas já estamos caminhando para o meio do ano e até agora nada de confirmarem a data exata da estreia.

Agora estão trabalhando com a possibilidade de lançarem a novela em 16 de maio, para fugir do embate direto com a reta final da novela Totalmente Demais, da Globo.


Todo esse adiamente tem provocado a ira de alguns atores do elenco, que ficam amarrados por conta dessa demora toda e não conseguem trabalhos. Nenhuma outra emissora vai contratá-los, enquanto eles estiverem no ar pela Record.

Atores de Escrava Mãe perdem trabalhos e criticam postura da Record

Mas se o elenco reclama, por outro lado a produtora Casablanca comemora a demora na estreia. Segundo o UOL, a empresa o adiamento proporcionou mais tempo para trabalharem na finalização da produção.

“Vamos entrar no ar tranquilo, com quase tudo editado, e vamos passar toda a equipe de edição e pós-produção para Os Dez Mandamentos”, explica Solange Cruz, diretora-executiva da Casablanca.

A novela, que conta a história da mãe da Escrava Isaura, promete uma qualidade ímpar na tela da TV. É a primeira novela gravada em 4K e vai estrear com mais de 60 capítulos finalizados com extremo cuidado, tanto na imagem quanto no som.

Escrava Mãe é de autoria de Gustavo Reiz e dirigida por Ivan Zettel tem 115 capítulos escritos e poderá chegar a 130 com a edição. A produção deverá terminar em outubro.