Apesar do nome de dramalhão, A Lei do Amor nada vai ter de novela mexicana

Maria Adelaide Amaral escreve Sagrada Família
Maria Adelaide Amaral (Divulgação)

Quando a Globo trocou o nome da próxima novela das 21 horas de Sagrada Família para A Lei do Amor, muitos internautas comentaram que o novo e definitivo título parecia o de um dramalhão mexicano.

Embora o nome de fato tenha muito em comum com as telenovelas da Televisa, exibidas em sua maioria no Brasil pelo SBT, segundo o colunista Flávio Ricco, A Lei do Amor em nada vai se parecer com esse gênero.

Sem contar a qualidade visual das novelas da Globo, que são infinitamente superiores às mexicanas, a novela global vai seguir uma linha que une amor e política. “É uma trama romântica, com muito amor, dentro de um universo político”, define Silvio de Abreu, diretor de teledramaturgia da Globo.