Lauro César Muniz
Lauro César Muniz

A passagem de Lauro César Muniz pela Record não deve mesmo ter sido das melhores, o autor, que escreveu sua última novela, Máscaras, em 2012, no canal do bispo Macedo, revelou em entrevista a jornalista Janaína Nunes, que não volta para a emissora, mesmo estando desempregado.

Lauro deixou a Record em 2015, depois de quase 10 anos de casa e recebeu um convite da direção da Globo para voltar a escrever novelas na emissora, mas o ano virou e devido a crise econômica a contratação não foi concretizada.

“Fiquei surpreso porque a iniciativa de voltar à TV Globo não foi minha, mas de um diretor artístico que me convidou. Tudo parecia absolutamente certo. No entanto, entendi o ponto de vista de quem me deu a notícia de que a minha volta não seria possível agora em vista da crise político-econômica do país. Houve uma decisão geral sobre contratações. E eu não seria exceção. Achei justa a explicação”, esclarece.


Fora da telinha, ele poderia aceitar um possível convite para retornar a Record, mas parece não interessar ao autor trabalhar na emissora.

“Não foi ruim trabalhar na Record. Fui muito bem tratado lá. O problema é que não havia naqueles anos em que trabalhei lá alguém na diretoria que pudesse entender a importância de alguns temas. Por exemplo, tratei do tema do Nióbio [um dos metais mais resistentes a temperaturas extremas, usado na fabricação de foguetes] e, embora tenha alertado, o jornalismo da ‘casa’ não se interessou”, justifica Lauro César Muniz.