Grupo feminista pediu direito de resposta de Faustão (Divulgação/TV Globo)
Grupo feminista pediu direito de resposta de Faustão (Divulgação/TV Globo)

Na tradicional “Vitrine do Faustão“, momento quando o apresentador divulga livros e Cds em seu programa na Globo, um momento no mínimo desagradável aconteceu.

Fausto Silva falava de um livro sobre sexualidade e soltou um conceito polêmico e até mesmo controvérso sobre a homossexualidade. O apresentador afirmou que a obra fala sobre “como as pessoas se tornam homossexuais”, frase que por si só já é “errada” e fora de um contexto explicativo se torna inclusive equivocada.

Qualquer pessoa com algum esclarecimento sobre sexualidade, esperava-se que Faustão tivesse essa capacidade, sabe que ninguém se torna homossexual ou heterossexual, isso é nato, embora muitos ainda insistam em provar o contrário e, tentar explicar o inexplicável é uma agressão preconceituosa.


A declaração, ainda que não intencional de Faustão, se percebida pela comunidade LGBT, vai dar o que falar.