Sila Prisioneira do Amor Sinopse

Sila – Prisioneira do Amor estreia na Band segunda (28) e a novela conta a história de Sila (interpretada pela atriz Cansu Dere). Ainda criança, ela é vendida por seu pai Celil (Menderes Samacilar) a uma rica família de Istambul, que a cria com conforto e regalias. Tempos depois, quando Sila está prestes a completar 18 anos, seu pai reaparece. O motivo da súbita visita é que Bedar (Zeynep Eronat), mãe biológica da jovem, está prestes a morrer e gostaria de rever a filha. Mas, na verdade, Celil quer casar a filha com Boran (Mehmet Akif Alakurt), chefe da tribo onde Sila nasceu, para evitar a morte de seu filho Azad (Cemal Toktas). Ele teve um romance proibido com Narin (Boncuk Yilmaz), irmã de Boran, que também está condenada à morte.

Levada pelo pai até a tribo de Boran, ela se depara com uma festa de casamento e dança com ele sem saber que Boran será seu futuro marido. Ameaçada pelo irmão, Sila fica em estado de choque quando descobre que caiu em uma armadilha, mas é obrigada a assinar a certidão de casamento. Criada por uma família rica e moderna para ser uma mulher livre, ela terá de se adaptar a uma nova realidade. Boran exige de sua esposa um comportamento padrão, de moça turca ideal: fiel seguidora de todos os costumes e tradições. Esposa de um homem totalmente desconhecido, Sila terá de encarar uma repentina mudança: de uma vida livre e confortável, para outra onde ela precisa seguir as regras da cultura turca.