Boni defende posição política das emissoras, mas critica o Jornal Nacional

Boni diz que a Globo jogou o formato do Fantástico no lixo e critica mudanças no Jornal Nacional

O Morning Show, da Jovem Pan, recebeu nesta sexta-feira (18) a visita ilustre de Boni, um dos maiores nomes da televisão brasileira. Ele falou sobre o papel dos veículos de comunicação à frente de grandes acontecimentos políticos, como os que estamos vivenciando atualmente.

Para Boni, as emissoras de TV e rádio devem sim manifestar sua opinião claramente e deixa claro que manifestar não é manipular. “As emissoras nos EUA tomam partido, no Brasil ainda não existe isso, mas acredito que é um direito que a emissora tem de manifestar sua opinião (não manipular) mas expressar sua opinião. As emissoras não tiveram ainda a coragem de manifestar o que pensa de forma explícita. Isenção não existe!”

E Boni vai além ao criticar o Jornal Naciobnal, que sofreu nos últimos tempos modificações. “Quando você se torna muito informal, você deixa de ser institucional. Um jornal naquele horário não é igual o jornal de meio dia, é jornal de horário oficial. Tudo o que tinha que ser dito já foi, ao invés de trazer novidade ele traz coisas mais sérias, aprofundadas, como se falando assim ‘isso aqui é verdade’. Em outros países esse tipo de jornal é lido por um apresentador só, sem cacoetes, sem gracinhas, porque as pessoas querem saber se tudo o que foi falado no dia foi realmente verdade, o que é a verdade.”


Foi levantada a questão do Jornal Nacional ser um pouco elitista e Boni opinou que quem faz o Jornal Nacional não pode ter a preocupação de quem vai ou não entender a notícia. “A única preocupação que tem que ter é informar. Se a pessoa entende ou não entende, não é preocupação sua. Você tem que ter sim notícias para todos os tipos de pessoas. A preocupação é que seja acessível mas não traduzir notícia (…) Quanto mais o público crescer e evoluir, vamos ter melhoria no público, audiência, e também nos clientes, aí consequentemente no faturamento.”

Você tem curiosidade em saber por qual motivo você seria notícia no Jornal Nacional? Entre na brincadeira, CLIQUE AQUI e participe!