Boninho comenta mudança na votação no BBB e polemiza: “A Vanessa ganhou não foi pelo movimento das Clanessas”


Boninho concedeu entrevista ao jornal Folha de S.Paulo para comentar a mudança na forma como as votações para o BBB são computadas, alteração em vigor a partir do atual paredão entre Ana Paula e Juliana.

“O ‘BBB’ tem um ciclo de jogo que se renova toda terça, com a eliminação. Queríamos mudar, desenvolvemos o novo sistema, mas precisávamos ter um controle de entrada [de votos] maior. Semana passada tivemos 66 milhões de votos. Achamos que estava na hora de mudar”, contou.

BBB 16 | Adélia gostaria de ficar sozinha para “pensar” em Rodrigo Lombardi


Ele avalia que é uma forma do público analisar se sua participação valeu a pena através da votação em seu estado: “As tecnologias mudaram, a internet mudou, a TV mudou. A gente tem que mexer em várias coisas no programa, nas formas, no conceito, nos candidatos. Tem que cutucar, dar um barato a mais para as pessoas brincarem. A nova votação é uma ferramenta que permitirá às pessoas brincarem mais. Esquece qualquer relação com política, eleição. O ‘BBB’ é uma brincadeira de votar como e quantas vezes quiser”.

O diretor argumentou que é impossível o sistema ter sido invadido por um hacker, que estaria divulgando os resultados antecipadamente, e afirmou que não acredita que Vanessa ganhou o reality por causa das “Clanessas”. “Com quase 70 milhões de votos, não há fã-clube que resista, há uma multidão assistindo. Quando o programa pega bem, como neste ano, é incontrolável o ódio ou amor das pessoas por ele. As torcidas são válidas, mas há mais gente controlando isso. A Vanessa ganhou não foi pelo movimento das Clanessas [torcida organizada]. Foi também por esse movimento, o que é muito diferente. Na minha cabeça, o que a gente dá é diversão, não é eleição presidencial”, completou.