Protesto de funcionários de afiliada do SBT vira caso de polícia

tvalterosa-paralisacao-policia

A TV Alterosa, afiliada do SBT em Minas Gerais, está passando por uma grave crise financeira, drama este que também aflige outras emissoras pelo Brasil, inclusive as grandes redes. Mas em MG a situação é crítica, funcionários da emissora fizeram um protesto na manhã desta terça-feira (29) reivindicando o recebimento do décimo terceiro salário, que ainda não foi pago.

Segundo o site Natelinha, os profissionais estão paralisados, protestando e pedindo seus direitos. Um jornalista da TV Alterosa revela que o Grupo Diários Associados, do qual pertence a emissora, está falindo. Por isso os salários estão atrasados, o INSS não está sendo repassado ao governo, o FGTS não é pago, férias estão sendo evitadas, assim como outros direitos trabalhistas.

Com a confusão na sede da TV Alterosa em Belo Horizonte, a PM foi acionada para evitar que haja violência contra o patrimônio do canal. A Rotam, tropa de elite da Polícia Militar mineira, esta na porta da emissora. Cerca de 100 policiais, em 11 viaturas e um ônibus foram chamados pela direção, conforme confirmado pelos próprios oficiais.


A TV Alterosa foi procurada para dar sua versão sobre o fato, mas não comentou o caso até o momento.