Globo deixa funcionários frustrados com corte de sorteio de presentes caros


A crise brasileira está atingindo todos os setores e, desde o início da má fase econômica, os canais de TV se viram com necessidade de reduzir os custos, com demissões e cancelamentos de programas.

As medidas atingiram inclusive a Globo, que passou a não renovar vínculos com artistas e apostar cada vez mais em contratos por obra. Exceto quando se trata dos medalhões ou astros em evidência.

POLÊMICA -> Aguinaldo Silva alfineta autores da Globo 


Além disso, o tradicional sorteio de presentes caros, com TVs gigantes, tablets e cia, ficou no passado. A emissora alegou que privilegiou “ações que pudessem contemplar todos os funcionários e não apenas alguns”.

A platinada, como não poderia deixar de ser, justificou o fato usando o atual cenário do Brasil: “Não é segredo para ninguém que o país passa por um momento de tensão econômica. Nesse cenário, avaliamos que seria mais conveniente atuar dessa forma”.

Os funcionários do canal, segundo o site NTV, não ficaram nada contentes com a novidade.