Atriz da Globo descobre câncer no intestino e pede demissão

Consolidados de quinta: Globo tem baixa audiência com matinais

Uma das profissionais mais antigas da Globo, e até hoje lembrada pela personagem Mina de Roque Santeiro, Ilva Niño passou por maus bocados após descobrir um câncer no intestino.

Desenganada pelos médicos, que afirmaram que a doença estava em estágio terminal, ela pediu demissão da emissora. No entanto, Ilva, aos 82 anos, venceu a batalha: “Tive alta médica. Estou praticamente curada. Pronta para carregar pedra! Meus amigos ainda não sabem, então, aviso: Quero voltar a trabalhar”.

Ilva Niño (Foto: Stefano Martini)


POLÊMICA -> Aguinaldo Silva alfineta autores da Globo

Em conversa com o NTV, a atriz relembrou os berros da viúva Porcina na parceria que fez grande sucesso. “Regina Duarte era demais no estúdio comigo. Um amor. Foi ela quem inventou esse grito. Com a Beth Faria [a primeira Porcina] não tinha isso, não. Mina e Porcina brigavam muito porque se amavam. Era uma amizade feminina sem interesse. No final da história, Mina seria a mãe da Porcina, mas aí o Dias voltou ao comando da trama e essa ideia, que era de Aguinaldo Silva, não se concretizou”.

Apesar da ausência de protagonistas em sua trajetória, ela festejou os papéis que lhe deram. “Interpretei muitos personagens coadjuvantes bons. Fui uma cangaceira, a mãe de Lampião, em Cordel Encantando [2011], e a parteira Epifânia de Cheias de Charme [2012], por exemplo. Fiz e faço muitos papéis bons tanto no teatro como na TV”.