PM do Rio de Janeiro inaugura estúdio em homenagem a cinegrafista da Band morto em protesto

Estúdio Santiago Andrade

A Polícia Militar do Rio de Janeiro inaugurou na última quarta (25) o Estúdio Santiago Andrade, que integra agora a Coordenadoria de Comunicação Social, localizada no Quartel General da corporação, no centro da capital carioca.

Santiago Andrade era cinegrafista da Band no Rio de Janeiro, e morreu após ser atingido por um rojão durante cobertura jornalística que realizava na Central do Brasil em 06 de fevereiro de 2014.

Estúdio Santiago Andrade Inauguração


A homenagem foi proposta pela corporação militar, como forma de homenagear o trabalho do cinegrafista, que dedicava sua vida com paixão à cobertura de fatos jornalísticos de relevância para a população.

Além da presença do Coronel Alberto Pinheiro Neto, comandante geral da Polícia Militar, estiveram no evento o jornalista Ricardo Boechat, a filha de Santiago, Vanessa Andrade, a viúva do cinegrafista, Arlita Andrade e diversos membros da corporação.

De acordo com o Coronel Pinheiro Neto, o estúdio será utilizado na produção de treinamentos e informativos, como forma de aproximar a Polícia Militar da comunidade e da imprensa.

Vídeo institucional da PM do RJ sobre a inauguração: