Cenas de sexo na série Jessica Jones impressionam o público

jessica-jones-sexo

Disponível na Netflix desde a semana passada, a série Jessica Jones vem chamando a atenção do público por apresentar cenas quentes de sexo, algo incomum em produções protagonizadas por super-heróis.

Ao contrário de seriados como Gotham, Arrow e Flash, que não exibem relações sexuais em seus episódios, a heroína da Marvel quebra o tabu de que heróis não transam e mostra que tem uma vida sexual muito ativa. Em uma das sequências, Jessica Jones chega a quebrar a cama com o parceiro.

jessica-jones-transa


Mas quando vemos tudo pronto não imaginamos o preparo que é preciso para que ela seja reproduzida, não é mesmo? E filmá-las não é uma das coisas mais agradáveis de fazer.

Segundo o site Notícias da TV, o ator Mike Colter, que interpreta Luke Cage, disse em entrevista ao site americano Vulture – do The New York Times – que gravar esse tipo de cena é muito cansativo e que, muitas vezes, elas demoram metade do dia para ficarem prontas. “Meu peito doía, meus braços adormeciam e o meu corpo tremia quando ouvia ‘Vamos filmar outra vez”, comenta.

A primeira cena foi dirigida por S.J Clarkson (de Dexter e Heroes) foi elogiada pelo ator que disse que ela é a pessoa certa para esse tipo de filmagem porque ela possui um conhecimento técnico amplo e sabe cada movimento que deve ser feito para que a sequência tenha o máximo de realismo.

jessica-jones-luke-cage-sexo

Na trama, Luke e Jessica tem super-poderes – ela tem uma força inimaginável que ganhou graças a um acidente químico e ele tem uma pele impenetrável e uma superforça devido a um experimento que foi vítima.

Em uma cena do terceiro episódio, Jessica Jones está por cima de Luke deitado e a transa fica tão intensa que a cama se quebra e, mesmo assim, o sexo não para. O diretor do episódio, David Petrarca, contou ao Vulture que a mobília foi projetada para ter duas pernas quebradas a um comando. No momento do clímax do casal, ele apertou o botão e o móvel foi abaixo.

Veja: