Aguinaldo Silva surpreende e diz que não sabia escrever novelas: “Aprendi lá pela sexta ou sétima”

Aguinaldo Silva (Divulgação)
Aguinaldo Silva (Divulgação)

Vencedor do Emmy Internacional de melhor telenovela com Império, Aguinaldo Silva surpreendeu em entrevista à coluna Outro Canal ao afirmar que somente aprendeu a escrever folhetins a partir da sexta ou sétima obra que desenvolveu.

“A primeira coisa que precisa para escrever novela é ter experiência de vida. Muitos autores talentosos escrevem a mesma novela porque foram criados dentro do condomínio, não sabem onde é o centro da cidade. Demorei tanto para aprender para chegar aonde cheguei e daqui a pouco eu vou morrer e isso vai ser perder. A sabedoria é um bem comum que temos que passar”, avaliou ele, que tem compartilhado seu conhecimento através de cursos.

BAFÃO -> Susana Vieira dispara sobre CQC e Pânico: “Bestas fúteis”


Ele afirmou acreditar que os telespectadores estão cansados de tramas realistas e que é saudável a concorrência com a Record “porque sou profissional da novela. Inclusive faz com que caprichemos mais”. “Os Dez Mandamentos é uma das maiores histórias de todos os tempos. É infalível, tem tudo ali. Tanto que fizeram vários filmes”, completou.

Silva também tratou sobre audiência e disse que números expressivos nunca mais serão conquistados. “A recordista deste milênio é Senhora do Destino (2005), que teve média de 50,4 pontos no Ibope [em SP, cada ponto equivale atualmente a 67 mil casas].  Império, que fez um sucesso, deu 33,7 pontos de média. É uma diferença brutal. Não significa que as novelas estejam em decadência. Mas o modo de ver televisão mudou muito. Hoje em dia tem uma gama de escolha, tem a Netflix, que veio para ficar. A audiência está muito fracionada. Não existe mais aquela audiência que as novelas davam antigamente, mas a novela continua sendo a maior audiência da TV. Nada ameaça a novela. A tendência é ainda ser o principal produto da TV”, finalizou.