SBT corta despesas e demite mais de 100 funcionários


O final de ano não será dos melhores para os funcionários do SBT, o clima de tensão já se instalou na emissora, que deve demitir cerca de 120 empregados diretos no início de novembro. Os cortes devem acontecer em toda a rede de emissoras de Silvio Santos. A ideia inicial seria realizar cortes de gastos e evitar demissões, mas mas o corte de empregos será inevitável. Quase todos os setores serão afetados menos no elenco de atores e apresentadores.

E Mais: Por causa do GfK, Record, SBT e RedeTV! podem demitir funcionários

Segundo o site Notícias da TV, o corte deve atingir 4,5% dos cerca de 2.700 funcionários da rede SBT (São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belém, Porto Alegre, Jaú-SP, Ribeirão Preto-SP e Nova Friburgo-RJ).


A crise já havia afetado outras emissoras como Band e Record, que este ano realizaram diversos cortes de funcionários, investimentos, fim de programas e encerramento de produções. Agora, o SBT, que já havia feito reduções de custos, também demite para entrar em 2016 com as contas em dia.

O SBT mantém a produção atual mas já revê projetos que estavam planejados para o próximo ano. Somente produções com patrocínio deverão sair do papel.

A emissora não comenta oficialmente as demissões.