O seriado Pé  na Cova, de Miguel Falabella, exibiu na noite de terça-feira (20), uma sátira do vírus Ebola, que vitimou várias pessoas principalmente na Àfrica, no ano passado. No seriado vários personagens foram vítmas do vírus e foram levados de ambulância para atendimento médico. O fato chamou atenção dos curiosos e da imprensa.

No bairro do Irajá, onde acontece a história, uma repórter foi fazer a cobertura do fato, e quando estava entrevistando a esposa de um político, a entrevistada toma bruscamente da mão da repóter o microfone. Em outro momento quando a repórter vai entrevistar o médico Doutor Zolton, o entrevistado faz a mesma coisa. O fato foi uma sátira a atitude da atriz  Susana Vieira, que em maio de 2009, ao ser entrevistada ao vivo, durante o Vídeo Show, tomou da mão da repórter Geovana Tominaga o seu microfone e disse: ”Não tenho paciência como uma pessoa que está começando”, já que Geovana Tominaga  estava começando na função de repórter. O vídeo da atitude de Susana Vieria tornou-se um viral na época.

Miguel Falabella é mestre em fazer sátiras, críticas com humor, em suas produções. No episódio de terça-feira (20), fez uma outra sátira às subcelebridades. A persongem Adenóide, tornou-se uma subcelebridade, ao ser vítima do vírus Ebola, apareceu na televisão e começou a atirar fotos com pessoas, tornando -se assim uma espécie de subcelebridade instantânea.


O personagem Doutor Zoltan, é uma sátira do médico Doutor Hollywood e da falência da saúde brasileira. Já que o médico exerce a função, porém tem formação de veterinário, e seus pacientes entram em sua clínica  para resolver um  problema e sai com outros problemas ou pior ainda do que entrou.

Miguel Falabella tem um humor afiado e usa sua criatividade para criticar situações e problemas recorrentes do Brasil, não deixando passar nada despercebido.

Veja o vídeo de Susana Vieira toamndo o microfone de Geovana Tominaga: