Rodrigo Faro afirma: “Sou igual ao Silvio Santos”

Rodrigo Faro

Rodrigo Faro nunca escondeu sua admiração por Silvio Santos, o apresentador da Record revelou em entrevista ao Yahoo, que se inspira no dono do SBT não apenas na profissão, mas também na vida. “Sou igual ao Silvio Santos! Tenho a filha número 1, a número 2, a número 3 e assim por diante.”

No comando do Hora do Faro, aos domingos na Record, Rodrigo Faro é vice-líder de audiência em um horário concorrido. Ele disputa a preferência do telespectador com Eliana e Faustão. “Realmente é uma pressão, pois o domingo é sem sombra de dúvidas o dia mais importante da televisão, o dia em que a família brasileira está sentada na frente da TV. Eu procuro fazer um programa que tenha a minha cara, que leve entretenimento e diversão para as pessoas, através da alegria, emoção, matérias e reportagens pelo Brasil e pelo mundo, contando histórias de superação, histórias que servem de exemplo para as pessoas.”

Questionado sobre a pressão por audiência e a relação com os concorrentes ele enfatiza que não vale tudo por IBOPE. “A questão da audiência é muito importante, mas eu não faço aquilo que vai contra meus princípios e valores, entende? Tenho um enorme respeito pelo telespectador e procuro sempre equilibrar um programa com bom conteúdo e que resulte numa boa audiência e sabe que tem dado certo? Tenho um enorme respeito pelos meus colegas Fausto Silva, Eliana, Celso Portiolli, somos concorrentes na TV e grandes amigos e colegas fora dela.”


Devido o sucesso de Rodrigo Faro, sempre surgem boatos que ele estaria de mudança para outra emissora, o apresentador nega. “É muito bom saber que outras emissoras estão interessadas em você. Sinal de que o seu trabalho está sendo bem feito e chamando a atenção, mas por enquanto nem eu e nem meu irmão Danilo Faro, que é meu empresário, recebemos nenhum telefonema de nenhuma emissora fazendo alguma proposta oficial.”

Rodrigo Faro prepara ainda novidade para seu programa na Record. “O programa tem viajado muito pelo Brasil e pelo mundo em busca de histórias de vida emocionantes. Estamos cada vez mais atrás dessas histórias para podermos contá-las ao Brasil. Devo fazer mais algumas viagens internacionais no segundo semestre.”