Repórter Record Investigação fala sobre a Prostituição masculina

Harry Repórter Record Investigação

O Repórter Record investigação desta segunda-feira (24), traz uma reportagem completa e exclusiva sobre a prostituição masculina no Brasil. “Pela primeira vez na história da TV brasileira se vai realmente tratar deste assunto com profundidade e permitir que estes personagens falem sobre suas vidas. Alguns abandonaram uma atividade acadêmica para se dedicar a uma profissão que é vender o sexo pelas esquinas da vida”, explica o apresentador do programa, Domingos Meirelles.

Durante três meses, as repórteres Vanessa Libório, Laura Ferla, e o editor Lucas Wilches, conversaram com rapazes que escolheram a profissão de michê. Todos aceitaram mostrar o rosto.

São jovens com diploma universitário, que falam outros idiomas, e chegam a viajar pelo mundo como acompanhantes.


O paraense Harry é um deles. Tem 29 anos e é modelo quando tem chance. Entretanto, sobrevive das viagens em companhia de clientes especiais.

Igor é formado em fisioterapia, mas se realizou profissionalmente no mercado do sexo.

O professor Léo fala várias línguas, só que dá aula apenas na intimidade.

Marlon está de emprego novo, há pouco tempo. Ele agora oferece serviços particulares.

O Repórter Record Investigação, comandado por Domingos Meirelles, é exibido às segundas-feiras, à 0h15, logo após Xuxa Meneghel.