Novela A Dona já teve uma versão brasileira

logo A DONA

A telenovela mexicana Soy tu Dueña, estreia no Brasil pelo SBT na segunda-feira (17) substituindo A Usurpadora. Por aqui, a novela estrelada por Fernando Colunga, Lucero e Gabriela Spanic, produzida em 2010, vai se chamar A Dona.

Veja: A Dona substitui A Usurpadora no SBT

Mas o que poucos sabem é que A Dona já teve uma versão brasileira, produzida pelo próprio SBT, entre os anos de 2001 e 2002, chamada Amor e Ódio.


Na época, Amor e Ódio foi a 2ª adaptação feita pelo SBT em parceria com a Televisa, sucedendo Pícara Sonhadora. A novela era exibida na faixa das 20h e registrou excelentes índices de audiência, com média de 16 pontos.

Amor e Ódio

Segundo o jornalista Gustavo Baena, Amor e Ódio, protagonizada por Suzy Rego, Daniel Boaventura e Viétia Rocha, foi baseada no texto original de Inés Rodena, ou seja, um remake da telenovela mexicana La Dueña, de 1995 e foi adaptada por Henrique Zambelli, com supervisão de texto de Ecila Pedroso e dirigida por Antonino Seabra, Jacques Lagôa e direção geral de Henrique Martins.

Soy tu Dueña, que agora chega ao SBT, também é um remake de La Dueña, que por sua vez é a versão mexicana da novela venezuelana La Doña, de 1972.