Irmã de Patricia Poeta vira repórter policial na Record

Paloma_Poeta_Record

Paloma Poeta, irmã da conceituada jornalista e apresentadora Patrícia Poeta, da Globo, foi demitida da Band no início do ano, mas não demorou muito ela foi contrada pela Record. A jornalista atua no Rio Grande do Sul, terra natal da família Poeta. Na nova emissora, Paloma, que tem um estilo informal de reportar, assumiu o posto de repórter policial, cobrindo crimes e tragédias.

Segundo o site Notícias da TV, Paloma Poeta bate cartão no Rio Grande No Ar, telejornal matinal da Record local, mas aparece com frequência para todo o país no Fala Brasil e no Hoje em Dia. Apesar disso, a jornalista não parece estar muito satisfeita com o trabalho, tanto que ela diminuiu o número de posts em suas redes sociais, algo que ela fazia sempre quando estava na Band.

Agora ela evita divulgar seu trabalho policial e costuma publicar apenas vídeos anunciando a coberturas de temas mais relevantes ou amenos.