Exclusivo | Encontro de Silvio Santos com Edir Macedo foi adiado por cinco anos

silvio-santos-se-encontra-com-edir-macedo

O tão esperado encontro entre Silvio Santos e Edir Macedo, que aconteceu na segunda-feira (27) e gerou uma reportagem exibida pelo Domingo Espetacular neste domingo (02), poderia ter acontecido cinco anos antes, quando o dono do SBT propôs uma reunião com o dono da Record.

Assista à entrevista de Silvio Santos e Edir Macedo na Record

O Observatório da Televisão falou, com exclusividade, com o ex-chefe do escritório de jornalismo da Record em Washington, nos EUA, Joaquim Leite Neto e ele revelou que em 2010 se encontrou com Silvio Santos informalmente, na sala vip do aeroporto da capital federal americana.


Joaquim contou que durante um voo da United Airlines, de Washington para São Paulo ambos estavam na classe executiva e vieram conversando sobre diversos assuntos, entre eles um encontro com Edir Macedo. Silvio Santos falava, naquela ocasião, sobre o monopólio que a Globo exercia sobre a publicidade no Brasil. O dono do SBT alegava que a Globo já não detinha mais 50% da audiência, mas ainda sim ficava com mais da metade do bolo publicitário.

Incomodado com essa realidade, Silvio Santos se queixou para Joaquim e falou sobre sua vontade de se encontrar com Edir Macedo, para juntos traçarem uma estratégia contra o monopólio global. A ideia de Silvio Santos seria fazer uma espécie de boicote aos anunciantes, o dono do SBT bancaria três meses de sua programação sem publicidades e Edir Macedo deveria fazer o mesmo na Record.

Silvio Santos incumbiu Joaquim de passar esse recado para Douglas Tavolaro, na época diretor de jornalismo da Rede Record, e este avisaria Edir Macedo sobre a intenção de Silvio Santos. Mas o apresentador deixou claro que não queria falar com Alexandre Raposo, presidente da Record em 2010, nem com Honorilton Gonçalves, então vice-presidente da emissora.

Joaquim foi almoçar com Douglas Tavolaro e Clóvis Rabello, chefe de redação, para falar sobre o pedido de Silvio Santos. Durante o almoço o dono do SBT ligou para agradecer Joaquim pela companhia e atenção durante a viagem, mas Douglas não acreditou muito que se tratava de Silvio Santos, ou talvez tenha ficado receoso em passar por cima de seus superiores e ir falar direto com Edir Macedo.

Naquela época, a Record estava em pleno crescimento, em sua nova fase e havia ainda a possível intenção de Silvio Santos de contratar boa parte da equipe de jornalismo da emissora concorrente. Por isso Douglas também pode ter ficado com o pé atrás e não comunicou Edir Macedo sobre a proposta do apresentador do SBT.

Por esse motivo, o bispo Macedo pode nem mesmo ter sabido da ideia de Silvio Santos e o encontro, que aconteceu em 2015, poderia ter ocorrido há cinco anos, em 2010. Mas diferente da atual visita, que foi uma cortesia do dono do SBT, que como turista foi conhecer o Templo de Salomão, no passado o encontro teria sido de negócios e quem sabe teria dado o resultado esperado.

Como a ideia de Silvio Santos não foi colocada em prática, a Globo detém até hoje a maior parte dos investimentos em publicidade na TV aberta brasileira. Quem sabe esse encontro no Templo de Salomão tenha sido com a mesma intenção de 2010. Com a frase “remar o barco juntos” o dono do SBT deixa claro que quer uma união.