Band rompe contrato com a GfK


A Band não tolerou o atraso para o início da medição de audiência pelo GfK e rescindiu o contrato com a empresa, que chega no mercado brasileiro para competir com o IBOPE.

Há dois ano a GfK anunciou que se instalaria no Brasil e recebeu o apoio da Record, do SBT, da Band e da RedeTV!. O tempo passou e segundo o colunista Flávio Ricco, a empresa que já deveria estar medindo a audiência da televisão no país já adiou o início três vezes e agora o prazo final seria outubro, mas a Band não quis esperar.

Além do atraso, a Band também não concordou com mudanças no que estaria proposto, entre ela a impossibilidade de não atingir o número mínimo de residências previstas inicialmente.


O acordo firmado entre a GfK e as emissora tem validade por cinco anos e prevê a aferição de audiência em 15 regiões do Brasil, totalizando 6 mil domicílios. Está previsto um investimento de 100 milhões de dólares no projeto. Seguem no contrato SBT, Record e RedeTV!