Band faz ajustes mas alto escalão continua intacto


As emissoras de televisão brasileiras estão se ajustando à crise econômica que assola o país e muitos cortes de funcionários, encerramento de produções e fim de programas aconteceram desde o fim de 2014 até agora. Na Band não foi diferente, a emissora mandou dezenas de profissionais embora, mas um detalhe é curioso no canal dos Saad.

Segundo o colunista Flávio Ricco, o alto escalão da Band, composto por diretores, gerentes, vices e presidente segue intacto, não houve nenhuma baixa. Vale ressaltar que todos os ocupantes desses cargos executivos têm altos salários e mordomias como carros e helicóptero à disposição

Esse cenário deixa claro que a Band prioriza os chefes em detrimento de quem realmente coloca a mão na massa e faz a televisão acontecer. Olhando por essa perspectiva não é difícil entender porque a emissora patina na média de audiência diária e nunca consegue avançar. Como diz o ditado: “É muito cacique pra pouco índio”.