Autora de Os Dez Mandamentos critica novelas da Globo

Vivian de Oliveira_autora_Os Dez Mandamentos_Rede Record

Vivian de Oliveira, autora de Os Dez Mandamentos, da Record, revelou em entrevista ao colunista Mauricio Stycer, detalhes sobre a trama bíblica, comentou o sucesso da novela e os novos planos, além de cutucar a concorrente Globo.

Vivian de Oliveira já pode ser considerada uma especialista em dramaturgia bíblica, antes de Os Dez Mandamentos, a autora foi responsável por três minisséries (A História de Ester, Rei David e José do Egito). Ela conta que apesar da obra conter elementos e personagens que não existem na Bíblia, “o diferencial da novela é ser fiel a Bíblia, e isso não foi um pedido da Record”.

Os Dez Mandamentos traz muitas cenas de assassinatos, adultério, prostituição, questões polêmicas na história da humanidade, mas ainda sim a autora considera correto considerar a trama uma novela “da família brasileira”. “Não há violência gratuita”, justifica.


A autora revela que no começo havia uma certa resistência dos atores em aceitar o convite para atuar em produções bíblicas, mas agora, com o sucesso de Os Dez Mandamentos a situação se inverteu. “No começo, os atores tinham preconceito e não queriam fazer novelas bíblicas”, revela.

Sobre as novelas da Globo, Vivian de Oliveira afirma que a concorrente se repete. “A concorrência fazia novelas diferentes, agora é sempre a mesma coisa”.