A Dona traz amor e ódio para as tardes do SBT

Sinopse A Dona

Estreia na segunda-feira (17), no SBT, a telenovela mexicana A Dona. Protagonizada por Fernando Colunga, Lucero e Gabriela Spanic, a novela tem como enredo principal o amor, o ódio, a inveja e a vingança na mesma família.

Veja também: Novela A Dona já teve uma versão brasileira

Confira a sinopse de A Dona:


Valentina (Lucero) é uma jovem que tem tudo para ser feliz: beleza, fortuna, uma carreira brilhante e um noivo a quem ama intensamente. Vive na mansão deixada por seus pais com sua tia Isabel (Silvia Pinal) e sua prima Ivana (Gabriela Spanic), a quem considera uma irmã. Ivana vive corroída por inveja e ciúme de Valentina, e está disposta a tudo para conseguir o que quer.

Valentina acredita que sua felicidade será completa quando se casar com Alonso (David Zepeda), o que acontecerá em poucos dias. Mas a realidade está a ponto de destruir sua ilusão: além de só estar interessado em sua fortuna, ele ainda é amante de Ivana, com quem planejou um golpe para roubar a fortuna de Valentina. Alonso faz Ivana acreditar que fugirão juntos para fora do país, mas ele nunca chega ao aeroporto e muito menos ao altar onde Valentina o espera.

Depois de sofrer tamanha desilusão, Valentina se transforma em uma mulher fria, autoritária, déspota e amargurada. Ela se isola do mundo e vai morar na fazenda “Los Cascabeles”, uma de suas propriedades. Lá ela conhece José Miguel (Fernando Colunga), que recentemente se mudou para a fazenda vizinha. Em pouco tempo, Valentina consegue ser odiada por todos do povoado, pois seu capataz, Rosendo (Sergio Goyri) – um homem perverso e sádico – comete muitas atrocidades em nome dela.

José Miguel e Valentina vivem em guerra por causa dos limites de suas terras. Ela age com orgulho e agressividade, mas José Miguel logo começa a se apaixonar pela beleza e pelo caráter de Valentina. Apesar de todos os obstáculos provocados por Ivana e Rosendo, a aparente antipatia de Valentina pelo fazendeiro vai se transformando em amor. Eles terão que lutar contra o próprio orgulho para viver essa grande paixão.