Xuxa confessa inspiração em Ellen Degeneres e vontade de conversar com Silvio Santos

Xuxa Hora do Faro

Em entrevista ao Hora do Faro nesse domingo (21), Xuxa pareceu bastante sincera e falou sobre tudo, ela inclusive confirmou aquilo que todos comentam e de certa maneira é claro, Xuxa está de fato se inspirando na apresentadora americana Ellen Degeneres para seu novo programa, que tem estreia prevista para segunda-feira, 10 de agosto, às 22h30.

“Eu realmente gostaria de fazer um programa parecido com o dela’‘, declarou Xuxa.

“Este projeto na Record eu levei para a Globo há três anos e a casa dizia não e não. A emissora sempre dizia não. Quando Marcelo Silva, vice-presidente artístico da Record veio com o projeto, fiquei feliz porque eu vi que não errei e achei que daria certo”, conta a apresentadora feliz com a oportunidade.


Xuxa falou ainda sobre o principal motivo que a fez deixar a Globo, segundo ela, na emissora carioca ela não podia fazer nada.

“Concordo que a TV está mudando muito. Eles têm todo direito de achar que não dava certo, só que eu queria ouvir outra coisa. Recebi alguns ‘não’ e aqui falaram que só sai o que quero, do jeito que quero”, explicou.

Em outro momento, quando Rodrigo faro questionou se era verdade que Xuxa quer entrevistar Silvio Santos, a apresentadora afirmou que não precisaria ser uma entrevista, ela se daria por satisfeita em conversar com o dono do SBT fora da telinha.

“Vi uma vez ele falando sobre o quanto é importante as coisas que ele fez, faz, o que ele desejou, sonhou. Que ele foi dono de uma emissora não porque ele escolheu, mas porque as portas se fecharam pra ele. Queria conversar com ele”.

A loira revelou que gostaria de ouvir conselhos e sugestões de Silvio Santos. ”Minha vontade era ir no supermercado com ele. Ele é o maior apresentador que existe nesse mundo.”

Xuxa aproveitou para convidar o público a mudar de canal e conhecer as produções de outras emissoras, especialmente a Record.

“Não sei por que cargas d´água as pessoas que não conhecem as novelas da Record, o jornalismo da Record, criticam a Record… Eu queria que as pessoas se dessem a chance de conhecer o trabalho de outras emissoras pra poder ter a chance de escolher… Hoje não estou na primeira emissora, como as pessoas falam, mas tenha certeza que a minha vontade não é de ser a primeira, é de ser a única.”

Direta, mas sem parecer ingrata, Xuxa voltou a criticar a Globo.

“Meu sonho é fazer o que eu quero, antes eu não podia. Eu não podia cantar lá, tinha que pedir permissão, mesmo no Dia das Crianças. Eles falavam que o foco tinha que ser a família e não a criança. Porque já tenho voz infantil. Não podia fazer assistencialismo, porque, como vocês sabem, lá tem um projeto para isso, o Criança Esperança”, afirmou a apresentadora.

Xuxa disse também que não encontrava um bom clima de trabalho na Globo.

“Uma das coisas que eu me sentia muito mal era ver um apresentador ser contra o outro na mesma emissora. E isso acontece muito em outras emissoras. Principalmente na emissora que eu vim acontece muito. As pessoas ficam imaginando como vai fazer pra derrubar a outra pessoa que está ali.  As pessoas não jogavam no mesmo time.”

Sobre a vigilância que sofria na Globo e por sua ex-diretora Marlene Mattos, Xuxa, sem citar nomes, foi enfática.

“Ela dizia que não tinha tempo de brincar de boneca e queria me fazer de boneca. Depois de um tempo eu me revoltei porque queria ficar livre para fazer as coisas que eu queria”.

“Sempre tinha alguém atrás de mim. Alguém que falava por mim, falava a roupa que eu tinha que vestir, o que eu devia falar. Aí, depois de um tempo, eu me revoltei”, afirmou.