Ex-Casseta, Marcelo Madureira critica o Tá no Ar


Entrevista-Marcelo-Madureira

Marcelo Madureira, um dos integrantes do extinto Casseta e Planeta, da Globo, foi o entrevistado do Danilo Gentili, no The Noite desta segunda-feira (04). O ponto alto da entrevista foi quando o humorista criticou a Globo, o Tá no Ar e os colegas de trabalho Marcelo Adnet e Marcius Melhem.

Segundo Marcelo Madureira, o Tá no Ar, que é vendido como uma novidade, é uma cópia do Casseta e Planeta, atração que ele produziu durante 18 anos e saiu do ar em 2010.


“O Tá no Ar é uma cópia do Casseta e Planeta misturado com o TV Pirata. Tudo que eles fazem a gente fazia. Está aquém das possibilidades do que a Globo e o Marcelo Adnet podem fazer. Obliteraram o Casseta e Planeta da memória da televisão. Isso é uma coisa que me deixa triste, porque demos uma contribuição”, desabafou.

Apesar da crítica conter uma certa mágoa da Globo, Marcelo Madureira relembra com carinho sua passagem pela emissora.

“Tivemos as nossas influências, como Monty Python, Chico Anysio, e o legal é ver que também influenciamos as outras gerações. Foi uma experiência extravagante. O que eu mais gostava era de ser repórter, de sacanear personalidades. Sempre evitava sacanear uma pessoa pobre. É preciso sacanear quem está acima de você”, contou.