Christina Rocha celebra seis anos no comando do Casos de Família


casosdefamilia-6anos

Há 11 anos no ar, o Casos de Família so consolidou como um dos programas mais duradouros do SBT nos anos 2000. O programa estreou em 2004, sob o comando de Regina Volpato, que ficou na apresentação até 2009. Em seguida Christina Rocha assumiu a atração, manteve o sucesso e completa seis anos à frente do Casos de Família.

Para celebrar a data, o Casos de Família que atualmente é exibido no começo da tarde pelo SBT, apresenta nesta segunda-feira (04) uma edição especial.


Serão cinco casos que modificaram ou vão modificar a vida dos participantes. No primeiro caso, Sirlene, filha de Juany, não vê a mãe há 29 anos e no palco a apresentadora promoverá o encontro das duas.

No segundo caso, Nice e Jennifer participaram do programa “Minha filha dá tanto trabalho, que eu deveria ter carteira assinada” e Nice contou que sua filha havia mudado de comportamento por influências de más companhias, tornou-se uma garota agressiva e começou a usar drogas. Durante a participação no Casos de Família, Jennifer decidiu aceitar a ajuda oferecida pela atração por meio de uma clínica, onde ficou internada por três meses. Nesta edição de aniversário, a menina conta como foi a recuperação e revela que já está há cinco meses sem usar nenhum tipo de droga.

No terceiro caso Eliana confessou em uma outra participação que não conseguia arrumar emprego por conta de sua aparência e tinha vergonha, principalmente de seus dentes. Christina Rocha ofereceu um tratamento dentário e de beleza. E agora, Eliana vai mostrar no palco do programa de aniversário o resultado da ajuda.

O caso quatro conta a história de Priscila, Genilson e Rosemari. Priscila foi na edição “Prefiro ficar com uma mulher do que com esse traste”, para reclamar do comportamento de Genilson. Ela contou que não podia sair de casa sozinha e era obrigada a aguentar as bebedeiras e sumiços do marido e que a sogra ajudava a acobertar as besteiras do filho.

Genilson discordou da esposa, pois achava que muitos dos problemas do casal eram fruto do temperamento dela. Alegou que os boatos de traições eram invenções de fofoqueiros e admitiu que Rosemari nunca gostou da nora. Rosemari revelou no programa que o filho merecia uma esposa melhor que Priscila e a solução para o casal seria a separação. Eles já estavam prestes a se separar por causa das brigas, mas ganharam do Casos um final de semana em um hotel fazenda, como se fosse uma lua-de-mel. E no programa de aniversário, contam qual foi o desenrolar da relação.

Para finalizar, Christina Rocha faz uma surpresa para Íris e Jackson. O casal participou do tema “Homem pra mim só presta para se divertir, casar não”. Íris dizia que não pensava em ser casar de novo, pois homens quando se tornam maridos querem mandar nas esposas. Jackson, que é bem mais novo que Íris, afirmava que era apaixonado, fiel e que jamais mudaria o seu comportamento com Íris.

Durante a gravação, Chris perguntou se Íris toparia casar no programa. A resposta dela foi sim e a cerimônia será feita com direito a vestido de noiva, buquê, alianças, um mestre de cerimônia e bolo.

O Casos de Família vai ao ar de segunda a sexta, a partir das 14h30, no SBT.