Rachel Sheherazade se desentende com diretor de jornalismo do SBT


RachelSheherazade

O clima está pesado nos bastidores do jornalismo do SBT. Tudo porque na quinta-feira (23), Rachel Sheherazade reagiu a uma reportagem exibida no SBT Brasil com uma bufada. A reação da jornalista foi ao vivo após uma reportagem sobre garotas menores de idade que transam em bailes funk e têm acesso fácil a álcool e drogas.

Assista o momento:


Rachel Sheherazade explica sua reação. “Fiquei chocada como qualquer mãe de família, como ficou, aposto, a maioria dos telespectadores. Minha reação foi humana e natural.”

Depois dessa atitude, segundo o site Notícias da TV, a âncora do SBT Brasil teria sido reeprendida pelo diretor de jornalismo Marcelo Parada, que teria exigido que ela não se manifestasse com gestos, caretas e sons, durante o noticiário. Ela não teria gostado da bronca e acusou o diretor de assédio moral.

“Sou uma profissional, uma mulher de respeito, que exige respeito em suas conversas e não se submete a qualquer intenção de assédio moral. O [Marcelo] Parada [diretor de jornalismo do SBT] me informou que eu não poderia mais fazer ‘caretas’. Corrigi-o. Disse-lhe que não faço caretas no ar, mas uso minhas expressões faciais, assim como meu gestual, para interpretar a informação ou para exprimir minhas emoções. Não sou uma máquina. Sou uma pessoa sensível e transparente. Não escondo o que sou, o que penso nem o que sinto”, afirmou Rachel Sheherazade ao Notícias da TV.

Segundo o colunista Flávio Ricco, a jornalista ficou furiosa e esbravejou para quem quisesse ouvir na redação:

“Então vocês vão censurar a minha expressão facial também? Já sei com quem tenho que falar!”.

O SBT desmente o assédido moral e afirma que apenas houve uma orientação do departamento de jornalismo, para que ela fosse mais contida em suas manifestações.

“A gente não confirma que teve nenhum assédio moral. O diretor orientou a Rachel a não exagerar nos gestos. Ele estava com o editor-chefe do Jornalismo, Marco Nascimento e a editora-chefe do ‘SBT Brasil’, Mônica Dalfonso. Os três conversaram com ela. Foi para amenizar, ninguém falou que ela não pode mais gesticular”, informou o SBT.

Descontente com a censura e perseguição dos diretores, Rachel Sheherazade ameaçou conversar com Silvio Santos, o grande admirador da jornalista e defensor de sua permanência no SBT. Ela exige uma determinação por escrito, só assim ela cumprirá a ordem de não gesticular ou se manifestar.

“Já que não tenho uma determinação por escrito do diretor de jornalismo sobre essa proibição de usar expressões faciais, estou aguardando um posicionamento de quem está acima.”

Depois que Marcelo Parada assumiu a direção de jornalismo do SBT, Rachel Sheherazade, que comentava sobre tudo, assim como todos os jornalista da emissora, foram proibidos de dar opinião no SBT.

Por conta desse censura, a jornalista agora faz seus comentários na Jovem Pan, onde também trabalha. Há rumores de que outras emissoras estariam interessadas em Rachel Sheherazade, mas ela afirma que não deseja sair do SBT.

“Sempre há algum interesse [de outras emissoras]. Mas, enquanto eu e o SBT estivermos em sintonia, como sempre estivemos, não há motivo de deixar a emissora”.