Jornalista de afiliada da Globo é ameaçado de morte


jamesalberti

Um produtor da RPC TV, emissora afiliada da Rede Globo no Paraná, foi ameaçado de morte na última semana. Segundo o site Comunique-se, James Alberti faz parte da equipe de jornalismo da RPC e recebeu as ameaças por telefone, quando ele estava em Londrina apurando o suposto esquema de corrupção na Receita Estadual.

Os intimidadores planejavam matar o James Alberti em um suposto assalto em uma churrascaria. Temendo pela vida, o jornalista foi obrigado a sair não só de Londrina, mas deixar o estado do Paraná. A RPC comunicou em nota que tomou uma série de medidas para gararntir a segurança e integridade física do profissional.


A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), organização que tem James Alberti como um de seus diretores, cobrou rápida ação por parte do governo Beto Richa.

“A Abraji vem a público exigir que o governo paranaense apure com celeridade a procedência da ameaça e puna vigorosamente os responsáveis. É inadmissível, em um país democrático, que um jornalista seja obrigado a sair de seu local de residência e atuação profissional para não ser morto, por fazer seu trabalho e cumprir com a missão de informar a sociedade. Ameaçar qualquer jornalista de morte coloca em risco um dos direitos fundamentais de todos os cidadãos: a liberdade de expressão”, afirmou a Abraji.