Equipe da Record é assaltada durante gravação


record

Uma equipe de reportagem da Record se dirigiu ao Guarujá, litoral de São Paulo, nessa segunda-feira (20), quando foi abordada por uma quadrilha. Os bandidos renderam os três profissionais da emissora e levaram os equipamentos de trabalho, câmeras e microfones, além de objetos pessoais, como alianças e aparelhos celulares.

Segundo o site Comunique-se, a equipe da Record, composta pelo repórter Alexandre Piqui, o cinegrafista Luiz Henrique Nunes Júnior e o auxiliar Claudio Renato Freitas estavam indo ao Guarujá para apurar o caso de um caminhão abandonado no bairro Vicente de Carvalho, naquela cidade.


Mas a pauta teve que ser deixada de lado, pois o homem que seria entrevistado não compareceu ao local no horário combinado. Na volta para a redação, um bando formado por seis integrantes abordou a equipe no momento em que se dirigia ao carro. De acordo com repórter Alexandre Piqui, o sexteto parecia ser formado somente por menores de idade.

“Ao retornar para o carro, seis criminosos, no qual pareciam todos menores de idade, abordam o operador de câmera Luiz. Dele roubam o equipamento de gravação, uma aliança e um celular. Eu e o Claudio somos abordados em seguida… Tudo muito rápido. O mais baixinho do bando aparentava ter entre 12 a 13 anos, foi ele quem nos mostrou a arma… Moradores testemunharam tudo e correram pra dentro de suas casas. Não fomos agredidos fisicamente. Eles foram embora e nós viramos mais um número na estatística”, comenta o jornalista.