Datena responde críticas de Luiz Bacci: “calhorda, sem vergonha e vagabundo”

Datena

Luiz Bacci fez duras criticas a José Luiz Datena, durante participação no Programa do Gugu, na noite de terça-feira (31). Na ocasião, Bacci que teve o contrato rescindido com a Band e retornou para a Record, disse que Datena ficou enciumado com sua presença na Band e o tratou com indiferença.

Tudo veio à tona em resposta a uma crítica que Datena fez quando o Tá na Tela da Band foi cancelado. Na época Datena de fato não foi solidário com o colega, pelo contrário, criticou o conteúdo da atração e concordou com a extinção do programa.

“Isso são coisas que se fazem em programas que estão em fim de carreira”, afirmou Datena.


Questionado por Gugu sobre sua relação com Datena, Luiz Bacci foi duro na resposta e não poupou o ex-colega de emissora.

“Quando cheguei na Band sabia que eu iria dividir tela com um dos maiores apresentadores. Achei que ele tinha me recebido com carinho, fui pra lá da minha forma mais humilde. Ele disse isso quando o programa já tinha acabado, ao invés de me ligar e falar por Whatsapp. Ele falava comigo antes, e depois nunca mais falou. Eu estava muito fragilizado, estava buscando forças para tentar reconstruir”, disse demonstrando mágoa.

Olhando para a câmera, Bacci mandou um recado para o ex-colega. Datena, te respeito como profissional, mas aquele aliado que eu esperava como colega foi quebrado. Se você perder um programa um dia, vou te mandar mensagem, vou te dar força, o único que pode julgar é o povo do Brasil”, declarou Luiz Bacci.

O comentário de Luiz Bacci caiu como uma bomba no colo de Datena e o apresentador do Brasil Urgente, que não é de levar desaforo, respondeu com outras críticas ao Luiz Bacci. Na quarta (01), durante seu programa matinal na rádio Bradesco Esportes FM, Datena soltou o verbo.

“Fiquei surpreso com as declarações do Bacci porque sempre o apoiei na Bandeirantes. Ele foi mandado embora por incompetência. Cruzava todo dia com ele e ele nunca me falou que estava chateado comigo, nunca me procurou. Nem mesmo para dar uma bronca.”

“Em relação ao Gugu conheço bem, ele que colocou aquela falsa reportagem sobre o PCC e envolveu toda minha família. Acabei tirando o processo contra ele, mas ainda assim ele usou o programa dele para o outro [Luiz Bacci] me atacar”, completou Datena ressentido.

“Acho bom o Gugu parar de me encher o saco, o Bacci continuar a carreira e assumir os erros dele e a Record parar de me aporrinhar, porque eu não devo mais nada pra Record. Eu estou de saco cheio de levar porrada e ficar quieto”, disse ele.

Mais tarde, no Brasil Urgente, mesmo orientando pela Band a não alimentar ainda mais a polêmica, Datena voltou a falar sobre o assunto.

“Eu fui aconselhado por diretores da Band a não responder. Portanto, não vou responder a gente calhorda, covarde, vagabunda e sem vergonha, que não assume os erros que têm, nem os fracassos que têm. Não vou responder”, disparou.

“Todos os erros que eu cometo, eu assumo e pago por eles. Mas tudo tem limite. Inclusive, quem entrevista. A pessoa envelhece e não muda nada. A pessoa exibe uma entrevista falsa há 200 anos, me atacando, e não muda. O cara continua velho e falso do mesmo jeito que era”, completou Datena, ao se referir ao apresentador Gugu Liberato.

Assista:

Mas se Datena se conteve na resposta, o mesmo não aconteceu com o filho do apresentador, Joel Datena, que susbstitui o pai no Brasil Urgente aos sábados e apresenta a edição local de Goiânia (GO) do telejornal, tomou as dores de Datena e soltou o verbo, detonou Luiz Bacci e ainda convidou ele para falar tudo na cara e não na televisão.

“Você errou cara! Agora quer sair dando uma de gostosão, de machão… Falar olhando na câmera igual você fez é muito fácil. Mesmo porque há uma distância quilométrica entre quem está te vendo e você”.

E não parou por aí. “Quero ver ter coragem e falar olho no olho, pertinho, frente a frente, cara a cara. Será que você tem coragem de fazer isso? Claro que não né, meu velho. Então vou repetir: enfia o galho dentro e siga o seu caminho”.

Para finalizar ele acrescentou. “Agora vem um menino criado pela avó embaixo de um vaso de samambaia, querer pagar uma de gostoso. Aí não!”.

Assista: