Paulo Betti é só elogios ao seu personagem Téo Pereira


teo-pereira-paulo-betti

Com a novela Império, da TV Globo, chegando à sua reta final, Paulo Betti, de 62 anos, é um dos atores que vê mais um trabalho chegar ao fim, extremamente satisfeito com os rumos de seu personagem.

O ator deu vida ao jornalista e blogueiro Téo Pereira, que divertiu e muito os telespectadores assíduos da novela, o que gerou uma relação de amor e ódio principalmente nas redes sociais ao derramar todo seu veneno nas pequenas notinhas que fazia em troca de muitos cliques. Em entrevista ao UOL, o ator fez revelações e disse o que achou do personagem:


“Esse foi um dos trabalhos em que fiquei mais satisfeito, pois por ser um personagem um tanto arriscado, pensei que o público não fosse simpatizar e agradeço todo esse aceite ao diretor Rogério Papinha, já que sugeri alguns trejeitos diferentes que ele podia muito bem bloquear, mas muito pelo contrário, aceitou numa boa. Foi um personagem muito batalhador, onde no início as pessoas demoraram um pouco a se acostumar. Havia uma estranheza, falavam que ele era meio exagerado, mas eu mesmo conheço muitas pessoas com o jeito do Téo. Pouco a pouco fui insistindo até que o pessoal começou a curtir.”

Mesmo a torcida a favor de Téo Pereira sendo grande, ainda existe aqueles que não foram muito com a cara do personagem, por acharem ele muito caricato. Sobre isso, Paulo Betti foi taxativo:

“Sinto que tem uma porcentagem pequena de telespectador que ainda tem raiva dele. Afinal, como qualquer personagem, ele também tem um grau de rejeição, o Téo com o jeito que escolhi para representar incomoda. Existem pessoas que me param só pra dizer: ‘eu não aguento aquela bicha’.”

Mas, no geral, nas ruas a receptividade do público é muito boa e Paulo Betti é frequentemente assediado com pedidos de fotos ou de que fale seus famosos bordões “Curuzesss” ou “Quereeeda”. Simpático, ele atende todos numa boa e ainda afirma que recebe muitas fotos de pessoas imitando o personagem e ouve das mulheres que seus maridos gostam de reproduzir o jeito do blogueiro.

Por outro lado, Paulo Betti não aceita o tipo de jornalismo realizado por Téo Pereira, mais sensacionalista e sobre isso fala:

“Apesar de achar a maldade um tanto quanto divertida, ela sempre tem uma vítima, alguém que esteja sofrendo. Eu, Paulo Betti, particularmente não gosto disso. Acho que todo jornalismo, mesmo o mais sério, tem um pouco de fofoca, já que mostra uma impressão, algo que nem sempre é real. Pensando bem, quantas pessoas já não foram prejudicadas por causa dessas mentiras? É muito triste e meu personagem é justamente uma crítica a esse tipo de comportamento humano.”

Sobre o final do personagem, ele diz o que espera:

“Acho que o final do Téo vai ser lançando um livro com um monte de bofe sarado na fila esperando por autógrafo.”

Vale lembrar que Império terá seu último episódio exibido nessa sexta-feira (13).