hildafuracao

Hilda Maria Valentim, mais conhecida como Hilda Furacão, faleceu aos 83 anos, na manhã desta segunda-feira (29), em Buenos Aires, na Argentina. Ela estava vivendo no asilo Guillermo Rawson e morreu em função de “causas multiorgânicas”, segundo o diretor da instituição.

Prostituta quando era jovem, em Minas Gerais, Hilda se casou com o jogador de futebol Paulo Valentim, do Boca Juniors, mas ficou viúva em 1984. Desamparada pela família, ela acabou recorrendo ao asilo.


Até o momento, nenhum parente de Hilda foi encontrado para cuidar de seu funeral e enterro. Caso ninguém apareça, ela será enterrada no cemitério de Chacarita, na capital argentina.

Hilda Furacão passou a ter notoriedade no Brasil em 1998, quando a Globo lançou uma minissérie sobre sua vida, estrelada por Ana Paula Arósio. A trama foi baseada no livro de Roberto Drummond.

Hilda ressurgiu na mídia durante a estreia do programa Tá na Tela, em agosto, quando Luiz Bacci mostrou as precárias condições em que ela se encontrava.