Globo anuncia nova gestão do entretenimento


Globo entretenimento

A Globo anunciou esta semana novas mudanças em seu sistema de gestão. Dessa vez as alterações acontecem no comando do departamento de entretenimento da emissora. O novo modelo deixará de ser centralizado em um único gestor e será orientada pelo conteúdo e por gestores de cada área.

“É uma transformação no modelo organizacional do Entretenimento. Nós temos, na Globo, o compromisso com a evolução constante e, para isso, sempre estamos revendo modelos e processos para buscar ainda mais qualidade e eficiência”, afirmou Carlos Henrique ao site portal G1.


Serão criadas novas diretorias especializadas, serão elas Dramaturgia Diária, liderado por Sílvio de Abreu; Dramaturgia Semanal, comandado por Guel Arraes; e Variedades, liderado por Boninho (diários e realities) e Ricardo Waddington (noites e fins de semana). A estrutura se completa com duas atuais diretorias: Produção, comandada por Eduardo Figueira, e Desenvolvimento Artístico, dirigida por Monica Albuquerque.

A mudança acontece no momento em que o diretor geral de Entretenimento, Manoel Martins, se aposenta. Ele encerra sua carreira de 37 anos na Globo, no fim de 2014. Manoel comandou o Entretenimento a partir de 2008 e nesse período de seis anos consolidou o Projac como a maior produtora da América Latina, e uma das maiores do mundo.

O processo de reestruturação da Globo tem sido apoiado pela consultoria Strategy&, ex Booz & Company. Os trabalhos tiveram início no ano passado e foi acompanhado por Manoel Martins. Os fóruns de criação, implantados no início do ano, já fizeram parte do modelo que é inaugurado hoje e permanecem como importante ferramenta de gestão para a avaliação de novos projetos, tendências e performances. Eles funcionarão ligados diretamente aos líderes dos gêneros de entretenimento.