Patrícia Poeta deixa o Jornal Nacional

Patricia Poeta Jornal Nacional

Menos de três anos após assumir a bancada do Jornal Nacional, Patrícia Poeta deixará o principal telejornal do país no dia 3 de novembro. Patrícia passou a comandar o JN, ao lado de Willian Bonner, em dezembro de 2011, depois que Fátima Bernardes decidiu sair do jornalismo para apresentar o programa Encontro, nas manhãs da Rede Globo. Ao que tudo indica Poeta seguirá o mesmo caminho da esposa de Bonner, a jornalista terá um programa de entretenimento em 2015.

Renata Vasconcelos, titular do Fantástico, assume a apresentação do Jornal Nacional. No lugar de Ranata Vasconcelos, na revista eletrônica dominical, ficará a jornalista Poliana Abritta, repórter de Brasília (DF), que deve estrear dia 2 ou 9 de novembro.

Desde que assumiu o JN, Patrícia Poeta participou de importantes coberturas. Ela apresentou o telejornal diretamente do Vaticano, na escolha do novo Papa Francisco, em 2013, e ancorou com Galvão Bueno a cobertura da Copa do Mundo, neste ano.


A passagem de Poeta pelo JN também foi marcada por gafes. Em junho, durante a Copa, ela deu uma bufada ao vivo e William Bonner teve que explicar que aquilo era um exercício de aquecimento vocal.

Durante as recentes entrevistas com os candidatos a presidência, Poeta ficou marcada como apática e pouco participativa, em contraponto ao protagonismo de Bonner.

As mudanças serão anunciadas oficialmente no JN desta segunda-feira (15).